Cose di croniche

As crónicas que saem do Cose Tante. Ou não.

‘bora relembrar Roma e a greve que por lá apanhei

leave a comment »

Está quase a fazer um ano que fui a Roma. Fui na altura do No Berlusconi Day e desse, fiquei avisada no Metro (o jornal) de lá: evitar certas zonas no Sábado. Mas a greve de sexta passou-me ao lado… até ao momento em que aconteceu.
Passei esse dia em São Pedro: museu de manhã, basílica à tarde. Depois resolvi fazer a margem do rio até à Bocca della Verita, seguiria pelo Circo Massimo, voltava a recordar o Mundial com o seven nation army versão pooo pooo poo entoado baixinho, e apanhava aí o metro. Até ao circo, tudo como planeado.
Homens por todo o lado. Ao chegar ao metro, tudo barricado. “È chiuso, è chiuso” diziam eles, abanando a cabeça, a quem se aproximava. Tractores parados na cidade. Ah… comecei a perceber. E foi assim, ao fim de uma sexta-feira, em duas horas, o caos na cidade. Trânsito parado, pessoas a pé por todo o lado. Isto sim, devem ser profissionais da greve.
E eu? Com isto tudo, acabei por fazer São Pedro – Porta Maggiore a pé. Meia cidade, portanto.Levava os frescos do Michelangelo na cabeça, é um facto. O Ben-Hur magnético na carteira e tinha provado um cannolo siciliano, para saber como é ser Joe Pesci (não foi o thrill que imaginei. O cannolo, quero dizer). Juntei a estas memórias, o caminho de uma ponta à outra da cidade.

Anúncios

Written by Marta

Novembro 23, 2010 às 11:26 pm

Publicado em Interlúdio musical

Tagged with ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: